sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Conexão



Estrada com destinos espalhados
Vento no rosto, terra, caminho e por-do-sol
Aroma de cerrado, inverno, cores... quais ?

Conexão
Destino, chegada, que está lá?
Sonho bom, serena brisa, luar
Alaranjado céu, nasceu!

Estrada
Com destinos espalhados
Conexão
Céu, sol, lua, terra, ar, inverno!

Chegamos palpar nossos sonhos?
Que caminho é este, desconhecido...
Que fluxo é este sem placas de pare?
Inteligência artificial

Volta, sem fluxo, pausada, alegre
Estrada, aroma de cerrado, cores lindas!
Sonho bom e dia nasceu alaranjado.
Conexão.

5 comentários:

Reila Miranda disse...

Cheiro de cerrado... trouxe-me na alma....
um cheiro de terra
de flores...
de azedinho...
coloridos do cerrado... da vontade de sentir aquela falta de umidade relativa do ar...
Saudade de casa!

lulu disse...

viu?
como no fim das contas, é impossível roubar sonhos !?
.
.
..
e assim, continuamos !

panpers disse...

Estou vendo que o fotógrafo urbano que está pesquisando sobre neo adolecentes gosta de poesia.
Eu também gosto, e faço. Haha!
E toda arte e poesia que xiste dentro de você cresce e transborda em terra seca, ou até mesmo em cima de concreto!

Marceli disse...

Olá,Ernani!!!Eu fiz um teste e realmente as tags funcionam!kkkk
Coloquei o seu nome no google, achei seu blog e tb vi as lindas fotos do Maracatu!
Obrigada por compartilhar o seu olhar!!!E pelo visto, pensamentos, palavras tb!!rs! Muita luz pra ti!
Um forte abraço!
Marceli

Juh disse...

Olá, adorei seu blog.
Tem talento.

Beijos